O Anjo da História

prof. Delmonte

Idade Contemporânea (1789-atualidade)

Os ideais iluministas motivaram as principais transformações que marcaram a contemporaneidade. O século XVIII foi chamado de "século das Revoluções" pois a estrutura do Antigo Regime foi transformada para sempre. A Revolução Francesa (1789) deu início ao fim do Absolutismo monárquico na Europa; a Declaração de Independência dos EUA (1776) contestou o Pacto Colonial e estabeleceu a liberdade política e a igualdade social como novos valores a serem defendidos. A Revolução Industrial Inglesa (1760) deu início às transformações técnicas que fizeram surgir um novo grupo social - o proletariado - e por extensão, o adensamento das cidades. O século XIX assistiu a expansão do Liberalismo e o nascimento do Socialismo em suas diversas vertentes. O século XX, no dizer de Eric Hobsbawn foi "Era dos Extremos", padrões de saúde, conforto, transporte e comunicação tornaram-se acessíveis para um número imenso de pessoas. Porém, o mundo foi marcado por duas guerras Mundiais e diversos conflitos regionais, que deixaram dezenas de milhões de mortos. Os embates sociopolíticos entre o Socialismo de Estado e o Capitalismo Liberal continuam atuais e a tendência neoliberal aprofundou a concentração de renda ao mesmo tempo que liberou a indústria do braço operário, permitindo um avanço tecnológico sem precedentes. O século XXI foi marcado até agora pelo fundamentalismo religioso e pelo terrorismo de um lado - e a ação duvidosa de um Estado que por outro lado - limita a liberdade e espiona nações e cidadãos em nome da segurança. É a essa tempestade que dão o nome de progresso.

O beijo no dia da vitória. - link: polêmica

Alfred Eisenstaedt - Times Square - NY - 1945.